Retrofit: o que significa e qual sua importância

27 julho 2018 / By admin

Retrofit é um termo utilizado, principalmente, para designar o processo de modernização de alguma construção. O sentido do retrofit é customizar, “colocar o antigo em boa forma”, adaptar e melhorar os equipamentos, conforto e possibilidades de uso de um antigo edifício. Não se trata simplesmente de uma restauração, ao invés disto, busca-se o renascimento.

Na maior parte dos casos, o retrofit acaba saindo mais caro do que uma reforma convencional ou a derrubada do imóvel para a construção de um novo. No entanto, quando bem planejado e executado, diminui os custos de manutenção, aumentando as opções de uso dos espaços e prolongando a vida útil do imóvel. Um bom projeto de retrofit sempre busca conservar a história do prédio, através da preservação de suas características, ao mesmo tempo em que insere novos atributos para tornar a rotina dentro da construção mais fácil e confortável.

O processo também é visto com bons olhos pelo lado da sustentabilidade, não só pela reciclagem e reutilização de materiais que ocorre durante as obras mas também porque possibilita a inserção de tecnologias sustentáveis.

Mas apesar de todas as vantagens do retrofit, é preciso estar sempre atento na hora de realizá-lo. Mexer em uma construção antiga requer muito cuidado e pode gerar vários contratempos, principalmente em prédios muito deteriorados. Além disso, a mão de obra precisa ser especializada e a supervisão dos trabalhos precisa ser mais intensa.

Também será necessário ter uma equipe que saiba lidar com as legislações que dizem respeito a reformas de construções antigas, pois existe uma série de normas, procedimentos e exigências, além de documentações e autorizações, que precisam ser seguidas para não infringir leis.

Foto: Pinacoteca do Estado de São Paulo