Como proteger o piso durante a reforma

18 janeiro 2018 / By admin

Na hora de reformar é preciso planejamento para derrubar, construir e até para manter intacto o que deve permanecer. Proteger o piso durante uma obra é essencial quando a reforma de um cômodo é apenas parcial, já que se o revestimento estiver exposto pode sofrer danos e fazer com que o resultado final não seja satisfatório.

Os possíveis problemas são a possibilidade de manchas, riscos e trincas, que podem danificar cerâmicas, porcelanatos, mármores, pisos de madeira. A proteção do piso pode ser feita com facilidade e com material de baixo preço. Já os danos, além do retrabalho e de atrasar a conclusão da obra, elevam o custo da reforma devido à necessidade de se lixar ou até mesmo substituir o revestimento.

O jornal, apesar de muito utilizado, não é indicado pois rasga com facilidade; o mesmo pode acontece com lona. Mesmo assim, se optar por uma dessas coberturas, certifique-se de que está bem instalada. Prender com fita crepe pode ajudar a firmar e manter os cantos do piso cobertos também.

Uma das opões mais indicadas é o papelão corrugado, que apresenta uma face lisa e outra ondulada, assim protege e evita deslizar. Outra excelente opção é o “Salva Piso”, material elaborado especificamente para a proteção de pisos durante a obra. É uma espécie de manta composta por papel kraft impermeável e plástico bolha de alta resistência, que não estoura sob pressão; assim quando algo cair no piso o impacto é amortecido.

No caso de proteger pisos de madeira existe uma versão do produto específica. Ela conta com uma terceira camada, de TNT, que absorve a umidade e evita manchas na superfície. Com uma proteção dessas, os cantos bem cobertos, você não vai precisar se preocupar em prejudicar o seu piso.